Conselho Jedi de Coruscant

Doneeta.jpg
Mestre Tott Doneeta (Twi’lek): É um dos últimos dos Jedi ainda vivos que participou ativamente da Grande Guerra Sith contra Exar Kun e Ulic. Também foi aprendiz de Mestre Arca Jeth, mas ao contrário de Ulic Qel-Droma era calmo e ponderado. Participou do Conselho Jedi desde sua formação e é atualmente um dos membros mais antigos do Conselho.

Arthaus Khan (Humano): Mestre Jedi dos irmãos Radd. Foi também o Mestre de Malak. É considerado o melhor espadachim Jedi. Tentou dissuadir Malak de partir para enfrentar os mandalorianos, mas não foi ouvido. Desapareceu em uma missão em Yavin IV enquanto enfrentava seu antigo aprendiz Malak. Foi vendido para Krova, The Hutt, que queria vingar-se da invasão de seus domínios por Arthaus e seus aprendizes. Escapou com a ajuda de um grupo de Jedi que havia ido resgatar Savanera Doom em Nar Shaddaa.

mestre_jedi_cerean.jpgMestre Tag Zar Pal (Cerean): Um dos mais destacados professores da Academia Jedi em Coruscant. Durante muito tempo serviu em missões no Outer Rim, antes de ser chamado para ensinar outros jedi e depois para integrar o Conselho Jedi.

Mestre Rahn de Alderaan (Humano): Mestre Rahn participou de uma centena de missões diplomáticas, sempre com sucesso. Seus aprendizes são ensinados que o dialógo é a melhor forma de evitar o derramamento de sangue inocente. A maior falha de Rahn foi quando tentou negociar uma paz com os mandalorianos, pouco antes dos ataques mandalorianos aos planetas filiados à República. Muitos dizem que até hoje ele se culpa por não ter sido capaz de evitar a guerra e esse é o motivo de ter se recusado a ensinar novos aprendizes.

Lonna Vash (Humana)
Uma humana de Coruscant que ocupa uma das cadeiras do Conselho desde antes das Guerras Mandalorianas.

Zez-Kai Ell (Humano)
“Not once did I hear one of the Council claim responsibility for Revan, for Exar Kun, for Ulic, for Malak…”
Um dos mestres do Conselho durante as Guerras Mandalorianas. Seu padawan foi um dos que seguiu Revan e caiu para o Lado Sombrio durante as Guerras Mandalorianas. Ele reconheceu as falhas da ordem jedi que levaram a essa situação.

Mortos:

Mestre Kirin Dathar (Humano): Metre Jedi assassinado em Corellia. Herdeiro da linhagem jedi dos Dathar, era o principal defensor do Conselho entre os Jedi de Corellia, muitos dos quais não recenhecem nenhuma autoridade nas decisões do Conselho e mantêm um grande apego a conhecida independência e laços familiares dos Jedi de Corellia. Era também um dos poucos que capaz de decifrar a antiga língua dos Sith. Segundo uma visão de Noza Vox, Malak o matou após um violento duelo em seus aposentos no Templo Jedi em Corellia.

Mestre Kavar: Jedi Watchmen em Onderon. Participou das lutas contra os Krath quando estes tentaram retomar Onderon durante o Segundo Levante dos Seguidores de Freddon Nadd, décadas após a Grande Guerra Sith. Neste conflito, o jovem Kavar se destacou como estrategista e general dos exercítos enviados pela República para ajudar a Rainha Galia de Onderon a enfrentar os rebeldes Krath após a morte de seu mariodo, Rei Krom. Era esperado que ele fosse comandar os exercítos da República durante a Guerra Mandaloriana, mas a decisão do Conselho Jedi de manter a neutralidade dos Jedi durante o conflito entre Mandalorianos e República o afastou da guerra. Foi traído por seu aprendiz e emboscado por Malak no início da Guerra Civil Jedi, ao voltar de Dantooine para Coruscant.

Meste Baniss Nuruk (Duros): Um estudioso entre os Jedi. Foi aprendiz do famoso Mestre Vodo-Siosk Bass e trabalhou na Biblioteca do Planeta Ossus antes deste planeta ser destruído por Exar Kun. Era o maior conhecedor da história dos Sith e dos Jedi. Foi o guardião da Biblioteca Jedi de Coruscant até ser morto por Malak durante a expedição a Yavin IV. Mestre Nuruk não era um lutador e não teve nenhuma chance de enfrentar Malak, sendo morto no primeiro golpe do Lorde Negro.

Mestra Ath Koon (Kel Dor): Forte nos poderes da força, Mestra Ath Koon conseguia juntar agilidade e graciosidade a seus movimentos. Era também dona de uma calma invejável, mesmo entre os Jedi. Desenvolveu uma forma de meditação que permitia trazer paz ao ambiente. Participou da malfadada expedição a Yavin IV, tendo sido morta por Malak.

Conselho Jedi de Coruscant

Kotor HouseWayne HouseWayne