Kotor

Entrando nas Sombras
Invadindo uma prisão secreta no Inner Core

revan.jpg
Após todos se reunirem nas florestas de Kashyyyk, com a chegada de Kel Ku e a volta de Kalpataru Ashta, o grupo se prepara para impedir Revan de libertar Nayama.

Eles sabem que a prisão secreta localiza-se no sistema Had Abbadon, no Inner Core. É uma região de difícil acesso e o sistema tem vários planetas e luas, além de um cinturão de asteroides.

O grupo se divide quanto a que caminho tomar. Rett Solo descobre que pode conseguir mais informações sobre a prisão no sistema de Scariff, onde a República mantém uma biblioteca com uma grande base de dados. Ein Mer também imagina que lá poderá achar mais informações sobre Abbadon. Ashta, no entanto, quer ir direto ao sistema, e usar a Força para localizar a prisão. Ashta convence Ein Mer e Rae Qorin de sua ideia. Kel Ku apoia Solo, enquanto A´den resolve que ir direto ao sistema pode fazê-los chegar antes de Revan. O mercenário Skarr fica calado, apenas doido para ter a chance de usar suas armas.

Eles resolvem se dividir. Usando a Innocence, Ashta, A´den, Ein Mer e Skarr irão direto para o sistema estelar de Had Abbadon. Enquanto isso, na Haritha, Rett, Kel e Rae Qorin irão até Scariff, em buscas de mais informações sobre a localização da estação e suas defesas.

Chegando em Had Abbadon, Ashta e Ein Mer usam a Força para descobrir a localização aproximada da prisão, em algum lugar do nono planeta do sistema – um gigante gasoso com dezenas de luas.

A busca pela localização da prisão é lenta, e no processo os sensores da Innocence captam uma nave transporte se aproximando de um das luas interiores do gigante gasoso. Eles tentam seguir a nave sem chamar atenção, entrando na camada externa da nuvem de gás do gigante.

Enquanto isso, em Scariff, a tripulação da Haritha tem mais sorte em descobrir informações na Base de Dados da República, graças ao acesso que o Coronel Solo possuí como membro da Inteligência da República. Eles descobrem que os dados e planos da estação, incluindo sua lista completa de prisioneiros e, mais importante, o caminho de acesso seguro para a estação – evitando as partes mais perigosas da nuvem de gás do planeta.

Também descobrem que um transporte está destinado à estação espacial para a entrega de um prisioneiro: o jedi mandaloriano Kalpataru Ashta. Temendo que a Innocence esteja indo para uma armadilha eles tentam entrar em contato com Ashta e os outros, mas a nuvem de gás em que a Innocence mergulhou impede a comunicação.

Além disso, ao entrar na nuvem de gás sem saber a rota segura, eles começam a perder os sensores da nave e a sofrer com uma navegação cada vez mais difícil. Apenas a extrema perícia do piloto Skarr consegue evitar que a Innocence seja destruída.

Nesse meio tempo, a Haritha também parte de Scariff e chega ao sistema Abbadon, saltando do hiperespaço próximo a Abbadon IX. Eles usam a rota segura para se aproximar da Estação. Rett e Rae conseguem decifrar o código secreto de acesso à estação e o transmtir para a Innocence.

A Innocence é detectada pela estação espacial, que envia misseis em sua direção. Skarr consegue escapar dos mísseis e, usando os códigos de acesso recebidos da Haritha, atracar em uma das comportas da estação.

Confronto na Estação

Crucible_01.jpg

A tripulação da Innocence repara que aportou próximo à nave transporte que chegara antes. A´den, Astha e Ein Mer correm para lá. Ao chegarem na doca de desembarque, encontram vários guardas e dois jedis mortos. Além disso, há o corpo de dois “mandalorianos”, que Ashta imagina serem soldados revanchistas disfarçados.

Ashta sente a presença de Revan e de Juno. Uma busca nos computadores da estação mostra que o prisioneiro Dace Golliard, um membro do Crucible, está em uma cela próxima. A´den e Ein Mer seguem para lá, mas Ashta resolve seguir pela a parte centra da estação para enfrentar Revan.

Para atrapalhar os revanchistas, eles destroem os controles da porta de acesso para o transporte.


Enquanto isso, a Haritha atracou do outro lada da estação. Com uma busca rápida, descobrem que estão perto da cela da prisioneira Sith Nayama. Resolvidos a chegarem até a cela antes dos revanchistas eles correm em direção ao Bloco 1 da prisão. São interceptados por um grupo de 4 soldados da república, mas Rae Qorin consegue convencer os soldados de que estão do mesmo lado contra os invasores.

Nayama.jpg

Assim reforçado, eles continuam em direção à cela de Nayama, quando todas as luzes se apagam. E no instante seguinte, as grades de força das celas dos prisioneiros também se apagam. O grupo é atacado imediatamente pelos prisioneiros do bloco que estão atravessando, que tentam roubar as armas dos soldados. Eles conseguem vencê-los e prosseguem em direção ao Bloco 1.


Do outro lado, Rett e Ein Meir também são surpreendidos pela queda de energia. Eles se preparam para enfrentar os prisioneiro do bloca à frente, quando são surpreendidos por uma forma verde enorme que passa correndo por eles e derruba Ein Mer.

“Saiam da frente!” grunhe Targ.

Targ, um velho conhecido de A´den, some pela porta que A´den e Ein Mer acabaram de atravessar fechando-a. Atrás de Targ vem uma criatura imensa e disforme, com enormes tentáculos – Bor Gullet. A´den tenta acertar um dos tentáculos, mas só parece irritar a criatura. Ein Mer acha uma escada para o andar inferior e pula por ela. A´den acaba pulando em seguida. A criatura não os segue.

Dando uma volta maior, eles encontram Dace Golliard encolhido em sua cela e prometem retirá-lo dali se ele lhes disser como encontrar o Crucible.


No elevador para o Bloco Central da estação, Ashta é surpreendido pela falta de energia. Forçado a sair do elevador e seguir manualmente pela área de baixa gravidade entre as duas partes da estação, ele se atrasa, mas consegue chegar no bloco central, onde descobre mais soldados caídos.


Rae Qorin é surpreendida quando seu sabre de luz é puxado pela Força por Nayama, que o pega e ativa. Em uma luta difícil, Rae, Kel e Solo enfrentam a Sith e conseguem vencê-la. Ela caí ferida e desmaiada.

Recebem um pedido de A´den para que vão ajudar Ashta a enfrentar Revan. Eles discordam, dizendo que agora que conseguiram capturar o alvo de Revan, é melhor fugirem. Mas A´den e Ashta querem decidir a luta e pretendem deter Revan. Solo e Rae, entretanto, resolvem que é mais importante levar a prisioneira de volta à Haritha e evitar que seus conhecimentos caiam nas mãos dos revanchistas.

Kel Ku, sozinho, resolve ir até Ashta e pega a rota de um dos elevadores até o Bloco Central da Estação. No caminho, ele vê que a Innocence foi roubada e está partindo. Ele tenta entrar em contanto com sua nave e ouve um grunhido: “Obrigado por deixarem essa nave para Targ! Targ não vai se esquecer de vocês quando estiver bebendo uma cerveja gamorreana!”


Agora Ein Mer e A´den não tem outra chance a não ser seguirem adiante, com o prisioneiro Golliard, e encontrarem a tripulação da Haritha. Não podem voltar pelo outro caminho pois Bor Gullet ficou para trás.

Ein Mer sente a presença de usuários da Força mais à frente. Ele e A´den são atacados por Lomma Antress, uma prisioneira cathari que conseguiu espacar e pegar um blaster de um dos soldados. Movida pelo ódio que os cathari têm dos mandalorianos desde que estes devastaram o planeta Cathar, ela tenta matar A´den. Mas a mandaloriana leva a melhor e mata a cathari.

Seguindo adiante, A´den e Ein Mer, escoltando Dace Golliard, chegam até a cela de Annya Dathar e descobrem que está vazia.


No Bloco Central, Kel Ku encontra Ashta e juntos derrotam dois soldados revanchistas disfarçados de mandalorianos. Ashta sente a presença de Revan na sala de comando da estação e pretende invadi-la, mesmo sendo desaconselhado pelo rodian.

Mas então eles recebem um pedido de ajuda de A´den, que faz com que Ashta desista de enfrentar Revan nesse momento.


Ein Mer detecta a presença de duas usuárias da Força mais adiante, em conjunto com um grupo de soldados, num dos blocos de junção da estação. Se avançarem, eles encontrarão o grupo de revanchistas liderados por Juno e Annya Dathar.


CONTINUA

View
Duelo com Darth Nihilus

Após escaparem da prisão de Abbadon IX, o grupo se reúne no cruzador mandaloriano de A´den. Lá descobrem que Revan colocou a culpa no ataque à prisão nos Mandalorianos – o que explica seus soldados terem utilizado armaduras mandalorianas.

A situação força os mandalorianos a se esconderem, já que a indignação contra eles volta à tona na República – afinal, os excessos das Guerras Mandalorianas não foram esquecidos.

Partem para Coruscant, para entregar Nayama ao Conselho Jedi. Lá, Ashta e A´den são informados que Darth Nihilus atacou um planeta na borda da Região Desconhecida. O que indica que ele está retornando após ter escapado da destruição da Starforge. Eles imaginam que a rota dele indica que se dirige para um antigo santuário Jedi, a lua gelada de Jedha.

Conversando com o Conselho Jedi, eles percebem que este deve ter sido o local para onde Mestre Thon levou Draer, o filho de A´den com Revan, para aprender com Vima Sunrider – que escondida sob o nome de Bastila Shan – é a última mestre a conhecer a antiga arte da Meditação de Batalha Jedi.

View

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.